Home Reflexão Ambiental Discussão sobre o Novo Código Florestal

Discussão sobre o Novo Código Florestal

5978
1

Muitos de vocês devem estar escutando as diversas manifestações contra e a favor do novo código Florestal, para que possam entender a duas correntes que brigam por este código.

Uma das correntes é os ruralistas, dizem que nosso país possui aproximadamente 60% do nosso território nacional é compreendido por florestas, logo, falta espaço para a produção de alimentos, onde poderíamos produzir mais, e que o código florestal antigo o que está em vigor proíbe o desmatamento de áreas para a produção.

Com o novo código os pequenos proprietários poderiam eliminar sua reserva legal, aquelas áreas de floresta nativa que era obrigado a manter em sua propriedade. Isso faria que os grandes proprietários dividissem suas propriedades em várias pequenas propriedades assim sendo poderiam desmatar grandes áreas.

Mas pensemos, se o problema é terra para a produção, por que ainda o Brasil tem a pecuária de pasto? Grandes propriedades onde o gado é criado solto e esperam-se em média 2,5 anos para atingir o peso de abate. Hoje o muito inteiro produz gado de abate em regime semi confinado e confinado, percebeu que quanto mais o animal se desloca mais ele demora a engordar, logo este padrão de pecuárias esta errado.

Grandes áreas de florestas, foram e estão sendo devastadas para a criação de gado, é mesmo necessárias?

Em relação, a produção de alimentos, o que realmente falta é infra-estrutura para escoar a produção, ou seja, hoje os produtores rurais sofrem com as estradas em péssima condição de conservação e a falta delas, então o problema para aumentar a produção agrícola é melhor as condições das estradas, ferrovias e hidrovias para que a produção seja escoada e assim aumente mais a produção Brasileira com querem os ruralistas.

A outra corrente é dos ambientalistas, já cheguei escutar cada barbárie, dizendo que ONGs internacionais de Países imperialistas estariam querendo dominar nosso país, que coitados dos pequenos produtores que estão na ilegalidade à anos, necessitariam de anistia, dentre outras loucuras, mas não é bem assim.

Vamos começar com os pequenos produtores que estão na ilegalidade, por que estão nessa situação? O Atual código é de 1965, quer dizer que sabiam que estavam fazendo era ilegal e agora vamos dar anistia a eles?

Assim sendo pelo princípio da isonomia da constituição federal, que diz ; todos somos iguais perante a lei, significa dizer que um agricultor que cometeu um crime pode ser anistiado um sonegador, assassino, corrupto dentre outro tem o mesmo direito.

Ah! Mas é diferente ! Onde é diferente as pessoas que desmataram e construíram nas áreas de encosta da região Serrana do Rio de Janeiro, são culpados pela diversas mortes ocorridas no começo do ano, pois o código atual, proíbe a construção e m áreas de encosta, que no Novo Código Floresta será permitido, logo veremos diversos acidentes como este do Rio de Janeiro.

Outro ponto é a redução a APP – Áreas de Proteção Permanente, nas regiões de encosta e margens de Rios, agora você imagina que com os atuais 30m de proteção muitos rios estão secando e outros essas área já foi invadida, e o novo Código prevê redução desta área pela metade.

Anistia tem que ser dada a quem não comete crime, se esses pequenos agricultores estão ilegais significa que infringiram a lei, deveram responder por esse crime.

Avalie e veja o que você pode fazer para evitar que sejamos vítimas de grupos que pensam somente no presente e em dinheiro, mande e-mail as Senadores Federais dizendo da sua indignação, entre nessa corrente salve as florestas.

ALESSANDRO LUIZ OLIVEIRA AZZONI

ECONOMISTA

CONSELHEIRO ELEITO CADES VL MARIANA

CONSELHEIRO DA ACSP DISTRITAL SUDESTE

COORDENADOR DA COMISSÃO SOCIO-AMBIENTAL

Da ACSP – DISTRATAL SUDESTE

FACEBOOK : a-azzoni@hotmail.com

TWITTER : @Azzoni__

BLOG:http://www.alessandroazzoni.com

AnteriorDeputado Estadual João Caramez faz homenagem à Rede Globo por programa sobre o rio Tietê
PróximoSUCESSO É O SINÔNIMO DA INAUGURAÇÃO DA VANITAS LINGERIE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here