Home Nordeste Acontece FENÔMENO DA POLÍTICA SERGIPANA

FENÔMENO DA POLÍTICA SERGIPANA

135
0

FENÔMENO DA POLÍTICA SERGIPANA

1414 UM NÚMERO QUE FICARÁ GRAVADO NA MEMÓRIA


Adelson Barreto dos Santos

Nº de votos     131.236

Idade: 50 anos

Aniversário: 22/09

Estado: Sergipe

Partido: PTB

Ocupação: Jornalista, Radialista e Redator.

” Esperei dezesseis anos para dizer uma frase que tenho guardada no meu coração, e agora eu posso dizer ao povo de Sergipe: Aquilo que for seu encontrará uma forma de chegar até você.” (Adelson Barreto)

Com oito vagas na Câmara Federal, Sergipe elegeu e reelegeu fortes candidatos no pleito. Após uma disputa acirrada e tensa, o Estado elegeu como favorito o então deputado estadual Adelson Barreto, presidente do PTB de Sergipe. Mais de 131.236 votos, 13,37% dos votos válidos, foram confiados no expressivo número 1414, uma votação única na história sergipana, mostrando para os críticos que o candidato foi e sempre será campeão de votos em Sergipe pela vontade do povo. Adelson é o político que junto ao povo, seja debaixo de sol ou debaixo de chuva, vem construindo sua trajetória política dentro do Estado. O deputado Adelson Barreto tem um trabalho humanitário brilhante. Ele atua não só na capital, mas em todo o Estado de Sergipe atendendo à população mais carente, independente de cor partidária e credo religioso. Pode-se dizer que o parlamentar vive para ajudar o próximo, sempre em sintonia com o mais carente.

“Estou fazendo campanha do jeito que sei fazer: indo de casa em casa, rua em rua, conversando com as pessoas”.


“Quanto maior tudo aquilo for de grande valia, todo benefício que lhe for concedido por Deus, quanto maior for a sua conquista na vida pública, maior deve ser o seu sentimento de gratidão a Deus e ao povo pobre. Porque o povo pobre é o povo de Deus.”(Adelson Barreto)









“Antes da eleição já houvera eu dito: Sergipe é pequeno e todo mundo acompanha por quantos momentos difíceis nós já passamos, o quanto nós fomos discriminados. Eu até cheguei a questionar até quando eu terei que provar nas urnas que o povo me respeita, que o povo gosta do meu trabalho, me valoriza, para que a classe maior da política de Sergipe possa observar isso. Já fui eleito deputado estadual, federal, mas muitas vezes a gente percebe uma discriminação daqueles que comandam a política de Sergipe. Quando eu falo, para surpresa de alguns ou de muitos, é porque imagino e tenho a convicção que muita gente fica surpresa e não gostaria que o povo reconhecesse o meu trabalho do jeito que reconhece. Quantas vezes nós somos discriminados, atacados, pelo fato de fazer um trabalho junto ao povo? Pelo fato de continuar morando na periferia, no Mané Preto? Pelo fato de pegar pessoas pobres e humildes e colocar dentro de minha casa? Pelo fato de pegar um sábado ou domingo e colocar uma bermuda para ir a um povoado pobre para atender ao povo?”, indaga o deputado federal eleito.

Segundo Adelson, quando passa a eleição, o seu trabalho social não termina. “Meu trabalho é estar na periferia, nas ruas discutindo os problemas. Isso pra mim é rotina. Estou mais uma vez fazendo isso porque a gente se afasta do raio da televisão e tem a chance de percorrer o interior do estado, e isso estamos fazendo. Levando nossa proposta para o povo de Sergipe com a consciência de que o povo é livre para fazer as suas escolhas e parabenizando o povo por qualquer que seja a escolha”, disse.

Adelson Barreto foi vereador de Aracaju duas vezes, deputado estadual três vezes, e em 1998, foi eleito deputado federal, mas um problema de documentação no seu então partido, o DEM, na época PFL, o impediu de chegar à Câmara Federal. Hoje, a maioria do povo sergipano pode soltar o grito de vitória que ficou preso na garganta no ano de 1998. O povo teve a resposta que tanto esperava: mais um representante na Câmara Federal que poderá fazer um trabalho em sintonia com a classe carente e que terá mais condições de trabalhar lutando por melhores condições de tratamento para o mais necessitado.

Finalizo essa matéria com uma das frases de um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos e no mundo, com uma campanha de não violência e de amor ao próximo, Martin Luther King Jr, que diz assim:

“Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo. Pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: amor no coração e sorriso nos lábios.”



AnteriorFTN Florianópolis 2014
PróximoPOSSE DA NOVA DIRETORIA DA ABRAJET PB -ROGERIO ALMEIDA -PRESIDENTE E ENTREGA DO TROFÉU WALDEMAR DUARTE AOS MELHORES DO ANO NO TURISMO