Home Nordeste Acontece POSSE DO SECRETÁRIO ELBER BATALHA

POSSE DO SECRETÁRIO ELBER BATALHA

113
0

O novo secretário, Elber Batalha, foi empossado durante uma solenidade  na manhã desta quinta-feira (22) no Museu da Gente Sergipana. Batalha substitui Eloísa Galdino que conduziu a pasta durante cinco anos.

O nome de Batalha foi anunciado pelo governador Jackson Barreto, no dia 8 de janeiro deste ano.

“A intenção é somar esforços e juntar todos os setores de produção de cultura em Sergipe. Queremos que a cultura seja um elemento de transformação e de construção de uma consciência politizada. Vamos dar oportunidade a vários segmentos, democratizar o debate da cultura e fortalecer a interiorização”, disse o novo secretário.

E ex-secretária da pasta, Eloísa Galdino, particiou da posse, fez uma balanço dos avançõs conquistados na sua gestão e desejou boa sorte a seu sucessor. “Trabalhar com gestão de cultura é quase ser um militante, sabemos das muitas dificuldades, mas não desistimos de enfrentar os desafios. Os recursos para esse setor são escassos e isso acontece no país inteiro. Tenho orgulho de ter contribuído com o meu Estado e de ter colaborado efetivamente com o desenvolvimento cultural na região para um padrão nunca visto antes”, afirma.

A posse foi prestigiada pelo vice-governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, pelos deputados Valadares Filho e Luciano Pimentel, e pelo vereador de Aracaju, Lucas Aribé.

Elber Batalha Filho

Elber Batalha Filho começou sua vida política nos movimentos estudantis universitários de Aracaju. Elber foi eleito vereador por Aracaju logo em sua primeira candidatura. Com um ano de mandato parlamentar, Elber Batalha prestou concurso para a Defensoria Pública do Estado, onde exerceu durante 4 anos, as funções de Defensor Público e Vereador, paralelamente.

Como vereador, Elber Batalha foi autor de inúmeros projetos que beneficiaram a vida da população aracajuana. Dentre eles, a lei que proíbe o pagamento de caução em hospitais, a lei da meia-entrada para os estudantes, a lei que proíbe a cobrança de estacionamentos em shoppings, universidades e supermercados, a lei contra a homofobia, além da redução da idade para a gratuidade no transporte coletivo para idosos.

AnteriorReunião do Conselho de Turismo de SP tem presença de novo secretário
PróximoANGÉLICA GUIMARÃES É EMPOSSADA COMO CONSELHEIRA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE