Home Sem categoria Fita 2014: Paratur apresenta programação oficial ao trade do Pará

Fita 2014: Paratur apresenta programação oficial ao trade do Pará

125
0
A Fita 2014 acontece de 20 a 23 de maio na Estação das
Docas, em Belém e é realizada pelo Governo do Estado,
através da  Paratur e Setur com apoio da CNTUR e
do trade paraense


A Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), que acontece de 20 a 23 de maio na Estação das Docas, em Belém (PA) foi pauta da 74º reunião do Fórum de Desenvolvimento Turístico do Estado do Pará (FOMENTUR/PA), realizada na tarde da última segunda-feira, dia 28, na Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), com a presença de cerca de 50 representantes de vários segmentos do turismo paraense.
O encontro, presidido pelo secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, começou com explanações da diretora de transportes aeroviários da Secretária de Transportes do Pará (Setran), Cristina Barra, sobre investimentos do Governo do Estado para melhorias nos aeródromos de Soure, na região turística do Marajó, e de Salinas, na região Amazônia Atlântica.
Durante a reunião o presidente da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Marcelo Mendes, apresentou a programação prevista para a Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), que realiza em Belém com expectativa de participação de representantes de 8 estados brasileiros e 14 países convidados, entre os quais Portugal e Estados Unidos. Marcelo destacou que a FITA é uma estratégia de promover o turismo do Pará, destino que expressa a nova cara do turismo nacional brasileiro, exemplo de sustentabilidade.
“Precisamos mostrar resultados, não de impressões, mas de números. Registrar esses números para mostrarmos como o Pará está”. Enfatizou Marcelo Mendes, ao lembrar que o Pará recebeu em 2013 cerca de 1 milhão de turistas e que a Paratur está trabalhando a promoção, divulgação e marketing visando superar esses números em 2014.
Diretora de Marketing da Paratur, Jacqueline Alves, apresenta a programação da Fita

A Diretora de Marketing da Paratur, Jacqueline Alves, detalhou a agenda de programação da Fita, que neste novo formato, essencialmente comercial e promocional, tem como público alvo tanto o setor privado quanto a esfera pública.

A gastronomia do Pará tem destaque na Fita
A gastronomia é um dos segmentos, relacionados à promoção e divulgação da cultura paraense, que terá destaque nessa programação da Fita, que este ano absolve atividades do Festival Gastronômico Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, realizado pelo Instituto Paulo Martins e que desde a sua concepção, há mais de 10 anos, conta com apoio da Paratur e do Congresso de Turismo, Hospitalidade e Gastronomia da Amazônia Legal, que no mesmo período realiza sua segunda edição em Belém, como explicou Alvaro do Espírito Santo, representante do CNTUR – Confederação Nacional do Turismo, que este ano apóia a realização da Fita. Também integra a programação da Fita o II Encontro com Gestores Municipais de Turismo e o I Seminário de Mídias Sociais e Responsabilidade Civil dos Agentes de Viagem, como informou Jacqueline Alves.
A Paratur visa, ao realizar a Fita, consolidá-la como o maior evento de receptivo turístico internacional na região amazônica, estratégia para alcançar a meta de tornar o Pará, até 2020, destino líder em turismo na Amazônia.
Os emissores de turismo almejados pelos realizadores da Fita no Brasil são os estados de São Paulo (São Paulo, Campinas, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Santos), Minas Gerais (Belo Horizonte), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Distrito Federal (Brasília), Paraná (Curitiba), Rio Grande do Sul (Porto Alegre), além dos estados da Amazônia vizinhos ao Pará que também terão o turismo interno estimulado com a Fita.
Já o mercado internacional almejado pela Paratur envolve Portugal, França, Itália, Inglaterra, Espanha, Alemanha, Oslo-Noruega, Estocolmo-Suécia, Copenhagen-Dinamarca, Nova Yorque, Los Angeles, Miami, Buenos Aires, Santiago-Chile, Guianas e Suriname.
O evento, que tem periodicidade bienal, é direcionado aos profissionais da área turística e a expectativa dos realizadores da feira é de que o evento supere em resultados a edição de 2012, em que projetou um lucro ao Pará superior a US$ 60 milhões em negócios no setor.
Entre as marcas almejadas no evento estão a da WTM Latin América, que já confirmou presença através do diretor Laurence Reinipsch, da TAP Portugal e da TAM, companhias aéreas com vôos internacionais conectando Belém a Lisboa e a Miami, respectivamente.
Estação das Docas, local onde acontecerá a FITA 2014

A 74ª. reunião do Fomentur contou ainda com apresentações sobre a rota turística Belém-Bragança, realizada pela diretora de Políticas para Turismo da SETUR, Fátima Gonçalves. A rota contará com viagens de trem que passará por 13 municípios dos polos Belém e Amazônia Atlântica.

A diretora do Instituto Paulo Martins, Joana Martins, apresentou a programação do Festival Gastronômico Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, evento que começa esta semana em Belém e segue até o final do mês de maio, com vasta programação, a exemplo de viagens de familiarização de jornalistas especializados e chefs de cozinha do Brasil e exterior.
Ao final da reunião foi assinando um convênio entre o Instituto Paulo Martins, a Secretaria de Estado de Turismo do Pará (SETUR) e a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) com objetivo de incentivar o Festival Gastronômico Ver-o-Peso da Cozinha e um projeto de pesquisa que irá fundamentar o conteúdo produzido no evento.
Texto: Rodrigo Bastos e Benigna Soares – GEC Paratur
Fotos: Rodrigo Bastos (Paratur) e Israel Pegado (Setur)
AnteriorMoqueca Capixaba pelo Brasil
PróximoBNT MERCOSUL 20 ANOS