Home Moda Segmento de moda GG cresce no país e destaca a luta contra...

Segmento de moda GG cresce no país e destaca a luta contra a ditadura da balança

95
0

Renata Poskus Vaz, precursora do movimento plus size brasileiro, conseguiu vencer o preconceito e lutar contra a baixa autoestima

O “Fashion Weekend Plus Size”, principal evento de moda GG brasileiro, aconteceu nos dias 18 e 19 de agosto, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, com grande sucesso, atraindo lojistas de todo o país. Em sua sexta edição, o evento, idealizado e dirigido pela modelo e jornalista Renata Poskus Vaz, foi criado com o objetivo de fortalecer a imagem da mulher plus size, que pode ser realizada e bem resolvida, além de respeitar a diversidade das pessoas e acabar com o preconceito.

Renata começou a sofrer preconceito aos 17 anos quando foi impedida de se formar em ballet. Tinha 1,73m e 60kg e, mesmo estando com o peso ideal para sua altura, ela se sentia obesa e se penalizava através da compulsão alimentar e de dietas drásticas como passar o dia apenas tomando água, além de evitar sair e se relacionar com as pessoas. Devido à vontade de se isolar e evitar olhares preconceituosos, Renata só arrumou seu primeiro namorado aos 22 anos e mesmo assim ainda ficava insatisfeita com seu corpo e se escondia nas fotos que tirava com ele. Aos 27 anos, após o término de um relacionamento, resolveu postar fotos bonitas na internet e descobriu que não tinha, pois sempre se escondia atrás das outras pessoas. Então decidiu tirar umas fotos bonitas e reuniu um grupo de amigas gordinhas. Nascia o primeiro “Dia de Modelo Plus Size” com produção, maquiagem, iluminação e fotógrafo profissional. Renata percebeu que mulheres muito mais gordinhas do que ela eram felizes e tinham a autoestima elevada. Hoje, o “Dia de Modelo” se tornou um negócio e mais de 500 mulheres já participaram desta ação.

A luta contra o preconceito plus size começou em março de 2009, quando Renata criou o blog Mulherão, onde conquistou milhares de seguidoras que se espelharam em sua história. Temas como moda para gordinhas, autoestima e comportamento abasteciam o blog e criavam intimidade com as leitoras. Nessa mesma época, Renata iniciou a carreira de modelo, onde participou de inúmeros desfiles e catálogos, entre eles o de uma famosa grife de lingerie, que já havia percebido o crescente mercado plus size e começou a investir em campanhas dirigidas a este público.

Com o esforço e perseverança de Renata, uma boa parte da população brasileira pode deixar de se sentir excluída da sociedade por estar acima do peso. As mulheres de formas mais generosas buscam seus objetivos e querem roupas que valorizem suas curvas, em peças confortáveis, bonitas e sensuais. Renata declara: “Não faço apologia à obesidade, mas ao bem-estar e à alegria das pessoas com seu corpo – que inclui cuidados permanentes com a saúde -, em uma sociedade que valoriza e respeita cada vez mais a diversidade das pessoas”.

Contatos: Suzana Elias Azar e Lívia Nascimento

Fones: (11) 5531 1006 e 5531 8958

E-mails: suzana@persona.inf.brlivia@persona.inf.br

AnteriorA arte de Cunha conquista a Avenida Paulista
PróximoVITRINE – BY Lana Camargo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here