Home Cultura FESTA JUNINA – Tradição com comidas e danças

FESTA JUNINA – Tradição com comidas e danças

114
0

Não importa se estamos no nordeste, onde é mais forte a tradição, ou em São Paulo, o importante é a alegria contagiante das festas juninas.

É interessante conhecer a história das duas versões para o termo: festa junina. Uma faz referência em função de ocorrerem durante o mês de junho, a outra seria porque teve origem nos países católicos da Europa em homenagem a São João. Tento que no princípio era chamada de Joanina.

Estas festividades foram trazidas pelos portugueses, inda no período colonial, época que o Brasil ainda foi colonizado por Portugal. Muitas influências culturais dos portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.

Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.

As comidas também uma tradição, já que em junho é a época da colheita do milho, daí grande parte dos doces serem feitos de milho. Pamonha, curau, milho cozido, canjica, cuscuz, pipoca, bolo de milho são apenas alguns exemplos. Além de outros: arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bom-bocado, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais.  Que delícia!!!

No nordeste do Brasil é onde mais se comemora o festejos juninos, atrai turistas de toda parte do mundo e do Brasil, mas aqui na região sul, a época é lembrada por igrejas com quermesses, e principalmente, pelas escolas infantis que ensinam a cultura para os alunos e difundem a tradição.

É importante nossas crianças serem ensinadas sobre esta tradição, pois são ensinamentos e resgate de cultura.

Todo ano participo de algumas quermesses e festas com quadrilhas, e, fico encantada observando como algumas escolas traduzem o valor da história para seus alunos.

A festa que mais me encanta é da Escola Baby Place que comemora com uma grande festa tradicional caipira na Cia. dos Bichos.  As crianças são preparadas semanas antes por ensaios da dança típica para que façam bonito diante dos pais, vovôs e vovós corujas. Um lugar incrível que a criançada curte muito. Enquanto a quadrilha não se apresenta os pequenos tem uma aproximação com a natureza através do contato com os animais.

O campo de futebol transforma-se num grande “arraia” onde as crianças dançam quadrilha, até os bebês entram na “dança”, barracas e muitas brincadeiras que relembra a minha infância. Esses valores são importantes e relevantes, porque o resgate de nossa cultura, da história e tradição tem de fazer parte no mundo de nossas crianças. É através da história que se educa para o futuro.

Parabenizo a Escola Baby Place pela organização impar desta grande festa “caipira” e agradeço por dividir comigo estes momentos tão singelos como convidada.

AnteriorHOJE UM CASO SÉRIO
PróximoPROGRAMA CHEGAQUI – ESTRÉIA E COMEMORAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here